Abdias Nascimento, Marielle Franco e Lélia Gonzalez
Abdias Nascimento, Marielle Franco e Lélia Gonzalez

Sobre a Plataforma

Inspirados pelas histórias de Abdias Nascimento, Marielle Franco e Lélia Gonzalez, que abriram caminho e ocuparam a política carregando consigo as demandas do povo preto no Brasil, a Plataforma #VotosAntirracistas reúne e apresenta candidaturas negras comprometidas politicamente com as pautas históricas dos movimentos negros do País, explicitadas no Manifesto Enquanto Houver Racismo Não Haverá Democracia, na Carta de Princípios e Agenda da Coalizão Negra por Direitos, na Agenda Marielle Franco e na Carta da Convergência Negra em defesa da vida, do emprego e da participação negra na política.

Aqui você encontra candidaturas negras notadamente comprometidas com as lutas por direitos humanos da população negra e por uma sociedade justa, de paz e bem-viver para todas as pessoas. Este é um critério fundamental para compor esta plataforma.

Descubra aqui as candidaturas comprometidas com movimentos sociais negros e com a agenda política construída pelos movimentos.

Indique candidaturas negras da sua cidade que seja comprometida com o movimento social negro e com a agenda política de defesa de direitos.

Confira as Candidaturas por Região

Norte

Nordeste

Centro-Oeste

Sudeste

Sul

Sobre Nós

A ausência de representação negra nos parlamentos é um problema há muito denunciado pelos movimentos negros brasileiros. Se no Brasil mais de 56% das pessoas se declaram negras, os dados de composição racial nas casas legislativas espalhadas pelo país demonstram o tamanho do abismo. Segundo dados do TSE, negros somam 24,4% dos deputados federais e 28,9% dos deputados estaduais eleitos em 2018 e, dos vereadores eleitos em 2016, somam 42,1% de pretos e pardos.

A representação negra na política ganhou notoriedade em agosto deste ano, após decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que definiu que o dinheiro do Fundo de Financiamento de Campanha e o tempo disponível para candidatos em rádios e na TV deve ser proporcional ao total de candidatos negros por partido. A decisão, apesar de favorável, levanta outras questões do racismo estrutural: não basta que os candidatos sejam negros, é preciso que suas candidaturas que se comprometem com as pautas que discutem a questão racial.

A Plataforma #VotosAntirracistas surge com o objetivo de aproximar os candidatos a seus eleitores, apresentando as propostas políticas e um mapeamento das candidaturas negras que se comprometem com as pautas dos movimentos negros. É possível buscar candidaturas por municípios ou pelas organizações do movimento negro às quais estão ligadas, cadastrar novas candidaturas e encontrar informações sobre o debate do combate ao racismo no Brasil. Assim, os interessados podem contribuir na divulgação das ideias da candidata ou candidato, mobilizar familiares e amigos e contribuir com as campanhas.

Sobre Esta Iniciativa

Esse projeto é uma iniciativa de cidadãos e cidadãs brasileiras, defensores da democracia e dedicados à superação do racismo estrutural e institucional que afeta a vida da população negra brasileira. É também inspirada na campanha VOTOEMPRETO, plataforma precursora de fomento e visibilidade de candidaturas negras no Brasil, em ambiente digital. São proponentes da ação, as seguintes cidadãs e cidadãos:

Anielle Franco

Educadora, jornalista, escritora, feminista preta, mãe de meninas, diretora do Instituto Marielle Franco.

Biko Rodrigues

Gestor Ambiental e liderança quilombola

Cleide Hilda

Historiadora e da Executiva da CONEN – Coordenação Nacional de Entidades Negras

Douglas Belchior

Historiador e membro do Conselho Geral da Uneafro Brasil

Edson França

Historiador e vice Presidente Nacional da UNEGRO

Elisa Larkin Nascimento

Escritora, doutora em psicologia, diretora do Instituto de Pesquisas e Estudos Afro-Brasileiros (IPEAFRO)

Flávio Jorge

Da Executiva da CONEN – Coordenação Nacional de Entidades Negras

Gilberto Leal

Da Executiva da CONEN – Coordenação Nacional de Entidades Negras

Helio Santos

Presidente do IBD – Instituto Brasileiro da Diversidade

Ieda Leal

Pedagoga e Coordenadora Nacional do MNU – Movimento Negro Unificado

Ivanete Alves Oliveira

Pedagoga e Coordenadora Nacional do MNU – Movimento Negro Unificado

Jhonny Martins de Jesus

Agricultor e liderança quilombola

Lucia Xavier

Militante do movimento de mulheres negras

Mônica Oliveira

Militante feminista da Rede de Mulheres Negras de Pernambuco

Pedro Borges

Editor-chefe da agência Alma Preta

Rafael Pinto

Executiva da CONEN – Coordenação Nacional de Entidades Negras

Raull Santiago

Comunicador social e membro Coletivo Papo Reto

Rosilene Torquato

Coordenadora Nacional dos APN’s – Agentes de Pastoral Negros do Brasil.

Sandra Maria da Silva Andrade

Contadora e liderança quilombola

Sandra Pereira Braga

Turismóloga e liderança quilombola

Selma Dealdina

Assistente Social e liderança quilombola