Eleição para prefeitura, e agora?

Estamos há poucos dias da eleição para a prefeitura dos municípios, evento que acontece de quatro em quatro anos em todas as cidades do Brasil. Nas mãos das prefeitas e prefeitos está o poder para administrar a cidade em que vivem. Por meio dos impostos pagos pela população, a prefeitura custeia obras, serviços e políticas públicas essenciais para a manutenção da vida nas cidades. É também o prefeito que veta ou aprova leis vindas dos vereadores, a partir do entendimento da realidade dos moradores e dos planejamentos realizados para o desenvolvimento das regiões. 

Dentre as atribuições do cargo, está o cuidado com a limpeza e a iluminação pública, a conservação e manutenção das ambulâncias e serviços de saúde municipais, a educação infantil e o ensino fundamental, além da formação e orientação da guarda-municipal. Então, se na sua rua os postes não funcionam ou as praças estão abandonadas, a cobrança de reparos deve ser encaminhada para a prefeitura, por exemplo. 

Agora, um detalhe sobre o processo eleitoral que corre no Brasil. Apesar do crescimento de mulheres e negros na política, homens brancos são o perfil médio dos candidatos a prefeitura nas 95 maiores cidades do País nas eleições de 2020. Antes de escolher o seu voto, pense no quanto a falta de diversidade nas câmaras e assembleias da sua cidade pode influenciar na vida das pessoas negras. Esse candidato consegue enxergar a falta de serviços públicos nas periferias? Os planos de governo apresentados contemplam políticas públicas para a população que representa 54% do País?

Aqui no site, você encontra um mapeamento de candidaturas que estão em conformidade com as principais pautas do movimento negro. A presença de pessoas negras em espaços políticos é uma das formas de reduzir as desigualdades e o racismo estrutural do nosso país. A revolução acontece também nas urnas. 

Skip to content