Voto em branco x Voto nulo

Aqui no Brasil, o voto é obrigatório para quem tem mais de 18 anos e facultativo para analfabetos e quem tem entre 16 e 17 anos ou mais de 70. Apesar de obrigatório, todos são livres para escolher uma candidatura ou não. Sendo assim, o cidadão é obrigado a comparecer ao local de votação ou a justificar sua ausência, mas pode optar por votar em branco ou anular o seu voto. Aqui vamos apresentar a diferença do voto branco e nulo. E contar também a importância de escolher uma candidatura.

O voto em branco é aquele em que você vai à urna e aperta na opção “Branco” e “Confirma”. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o voto em branco é aquele em que o eleitor não manifesta preferência por nenhum dos candidatos. Já o voto nulo, é dado quando o eleitor digita e confirma na urna um número de candidato inexistente, como o “99” ou “00”. O TSE considera como voto nulo aquele em que o eleitor manifesta sua vontade de anular o voto. Os votos brancos e nulos não são contabilizados nas eleições, não vão para nenhum candidato ou legenda. Apenas os votos válidos interferem na decisão.

Agora, antes de invalidar seu voto, seja por não ter conseguido escolher um candidato ou em protesto, é importante lembrar que o voto é um ato de cidadania que foi conquistado às duras penas. É a sua chance de escolher quais os representantes você acredita que podem melhorar a sua condição e qualidade de vida e também a da sociedade ao seu redor. Vá às urnas, escolha seu voto com consciência, lembrando sempre que as pessoas negras são as que concentram os piores indicadores sociais. A falta de representação na política é um dos fatores que agrava essa desigualdade.
Aqui no site, você encontra um mapeamento de candidaturas que estão em conformidade com as principais pautas do movimento negro. A revolução acontece também nas urnas.

Skip to content